quinta-feira, 15 de março de 2012

"Oração, Fé e Vitória" Adriano

A Santidade de Deus"Crede no Senhor vosso Deus, e estareis seguros;
crede nos seus profetas, e sereis bem sucedidos."
2 Cronicas cap: 20 :
    1, Depois disto sucedeu que os moabitas, e os amonitas, e com eles alguns dos meunitas vieram contra Jeosafá para lhe fazerem guerra.
    2, Vieram alguns homens dar notícia a Jeosafá, dizendo: Vem contra ti uma grande multidão de Edom, dalém do mar; e eis que já estão em Hazazom-Tamar, que é En-Gedi.
    3, Então Jeosafá teve medo, e pôs-se a buscar ao Senhor, e apregoou jejum em todo o Judá.
    4, E Judá se ajuntou para pedir socorro ao Senhor; de todas as cidades de Judá vieram para buscarem ao Senhor.
    5, Jeosafá pôs-se em pé na congregação de Judá e de Jerusalém, na casa do Senhor, diante do átrio novo,
    6, e disse: ç Senhor, Deus de nossos pais, não és tu Deus no céu? e não és tu que governas sobre todos os reinos das nações? e na tua mão há poder e força, de modo que não há quem te possa resistir.
    7, ç nosso Deus, não lançaste fora os moradores desta terra de diante do teu povo Israel, e não a deste para sempre à descendência de Abraão, teu amigo?
    8, E habitaram nela, e nela edificaram um santuário ao teu nome, dizendo:
    9, Se algum mal nos sobrevier, espada, juízo, peste, ou fome, nós nos apresentaremos diante desta casa e diante de ti, pois teu nome está nesta casa, e clamaremos a ti em nossa aflição, e tu nos ouvirás e livrarás.
    10, Agora, pois, eis que os homens de Amom, de Moabe, e do monte Seir, pelos quais não permitiste que passassem os filhos de Israel, quando vinham da terra do Egito, mas deles se desviaram e não os destruíram -
    11, eis como nos recompensam, vindo para lançar-nos fora da tua herança, que nos fizeste herdar.
    12, ç nosso Deus, não os julgarás? Porque nós não temos força para resistirmos a esta grande multidão que vem contra nós, nem sabemos o que havemos de fazer; porém os nossos olhos estão postos em ti.
    13, E todo o Judá estava em pé diante do Senhor, como também os seus pequeninos, as suas mulheres, e os seus filhos.
    14, Então veio o Espírito do Senhor no meio da congregação, sobre Jaaziel, filho de Zacarias, filho de Benaías, filho de Jeiel, filho de Matanias o levita, dos filhos de Asafe,
    15, e disse: Dai ouvidos todo o Judá, e vós, moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Jeosafá. Assim vos diz o Senhor: Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão, porque a peleja não é vossa, mas de Deus.
    16, Amanhã descereis contra eles; eis que sobem pela ladeira de Ziz, e os achareis na extremidade do vale, defronte do deserto de Jeruel.
    17, Nesta batalha não tereis que pelejar; postai-vos, ficai parados e vede o livramento que o Senhor vos concederá, ó Judá e Jerusalém. Não temais, nem vos assusteis; amanhã saí-lhes ao encontro, porque o Senhor está convosco.    18, Então Jeosafá se prostrou com o rosto em terra; e todo o Judá e os moradores de Jerusalém se lançaram perante o Senhor, para o adorarem.
    19, E levantaram-se os levitas dos filhos dos coatitas e dos filhos dos coraítas, para louvarem ao Senhor Deus de Israel, em alta voz.
    20, Pela manhã cedo se levantaram saíram ao deserto de Tecoa; ao saírem, Jeosafá pôs-se em pé e disse: Ouvi-me, ó Judá, e vós, moradores de Jerusalém. Crede no Senhor vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e sereis bem sucedidos.

Canção:  "Plano Melhor"
Plano Melhor
É só esperar acontecer,
É só continuar e não deixar
Que as lágrimas embacem no olhar,
E não deixar que a tristeza
Tire a força do caminhar,
Continuar olhando nos teus olhos
E enxergando a verdade,
Que nada e ninguém pode impedir,

Jesus, plano melhor,Nunca chega atrasado,
Sua hora é perfeita,
Sua maneira a mais linda,
Seja feita a Tua vontade,
Eu só quero a Tua vontade,
Assim na terra como no céu

quinta-feira, 1 de março de 2012

"Você esta pronto para volta de Cristo?"



Por Laercio Silva

Será mesmo que o mundo terá um fim?

Texto Lucas 17: 17 a 37


"Jesus disse aos seus discípulos: "É inevitável que aconteçam coisas que levem o povo a tropeçar, mas ai da pessoa por meio de quem elas acontecem.
Seria melhor que ela fosse lançada no mar com uma pedra de moinho amarrada no pescoço, do que levar um desses pequeninos a pecar.
Tomem cuidado. "Se o seu irmão pecar, repreenda-o e, se ele se arrepender, perdoe-lhe.
Se pecar contra você sete vezes no dia, e sete vezes voltar a você e disser: ‘Estou arrependido’, perdoe-lhe".
Os apóstolos disseram ao Senhor: "Aumenta a nossa fé! "
Ele respondeu: "Se vocês tiverem fé do tamanho de uma semente de mostarda, poderão dizer a esta amoreira: ‘Arranque-se e plante-se no mar’, e ela lhes obedecerá.
"Qual de vocês que, tendo um servo que esteja arando ou cuidando das ovelhas, lhe dirá, quando ele chegar do campo: ‘Venha agora e sente-se para comer’?
Pelo contrário, não dirá: ‘Prepare o meu jantar, apronte-se e sirva-me enquanto como e bebo; depois disso você pode comer e beber’?
Será que ele agradecerá ao servo por ter feito o que lhe foi ordenado?
Assim também vocês, quando tiverem feito tudo o que lhes for ordenado, devem dizer: ‘Somos servos inúteis; apenas cumprimos o nosso dever’ ".
A caminho de Jerusalém, Jesus passou pela divisa entre Samaria e Galiléia.
Ao entrar num povoado, dez leprosos dirigiram-se a ele. Ficaram a certa distância
e gritaram em alta voz: "Jesus, Mestre, tem piedade de nós! "
Ao vê-los, ele disse: "Vão mostrar-se aos sacerdotes". Enquanto eles iam, foram purificados.
Um deles, quando viu que estava curado, voltou, louvando a Deus em alta voz.
Prostrou-se aos pés de Jesus e lhe agradeceu. Este era samaritano.
Jesus perguntou: "Não foram purificados todos os dez? Onde estão os outros nove?
Não se achou nenhum que voltasse e desse louvor a Deus, a não ser este estrangeiro? "
Então ele lhe disse: "Levante-se e vá; a sua fé o salvou".
Certa vez, tendo sido interrogado pelos fariseus sobre quando viria o Reino de Deus, Jesus respondeu: "O Reino de Deus não vem de modo visível,
nem se dirá: ‘Aqui está ele’, ou ‘Lá está’; porque o Reino de Deus está entre vocês".
Depois disse aos seus discípulos: "Chegará o tempo em que vocês desejarão ver um dos dias do Filho do homem, mas não verão.
Dirão a vocês: ‘Lá está ele! ’ ou ‘Aqui está! ’ Não se apressem em segui-los.
Pois o Filho do homem no seu dia será como o relâmpago cujo brilho vai de uma extremidade à outra do céu.
Mas antes é necessário que ele sofra muito e seja rejeitado por esta geração.
"Assim como foi nos dias de Noé, também será nos dias do Filho do homem.
O povo vivia comendo, bebendo, casando-se e sendo dado em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. Então veio o dilúvio e os destruiu a todos.
"Aconteceu a mesma coisa nos dias de Ló. O povo estava comendo e bebendo, comprando e vendendo, plantando e construindo.
Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma, choveu fogo e enxofre do céu e os destruiu a todos.
"Acontecerá exatamente assim no dia em que o Filho do homem for revelado.
Naquele dia, quem estiver no telhado de sua casa, não deve desça para apanhar os seus bens dentro de casa. Semelhantemente, quem estiver no campo, não deve voltar atrás por coisa alguma.
Lembrem-se da mulher de Ló!
Quem tentar conservar a sua vida a perderá, e quem perder a sua vida a preservará.
Eu lhes digo: naquela noite duas pessoas estarão numa cama; uma será tirada e a outra deixada.
Duas mulheres estarão moendo trigo juntas; uma será tirada e a outra deixada.
Duas pessoas estarão no campo; uma será tirada e a outra deixada".
"Onde, Senhor? ", perguntaram eles. Ele respondeu: "Onde houver um cadáver, ali se ajuntarão os abutres"."

0248 - As primeiras coisas primeiro

link:  video 0248


As primeiras coisas primeiro

Stephen R. Covey no seu precioso livro The First Things First diz que a vida é feita de escolhas. Estamos tomando decisões todos os dias que afetam a nossa vida. A vida é um reflexo das decisões que fazemos. Como tomar as decisões certas? Como fazer as melhores escolhas? Muitas vezes temos que escolher não apenas entre o bem o mal, mas entre o bom e o melhor. Não poucas vezes são coisas boas em si mesmas que nos afastam do nosso alvo mais excelente. Sempre que sacrificamos no altar do urgente as coisas importantes, estamos invertendo as prioridades da vida. Na busca das primeiras coisas primeiro, precisamos estabelecer prioridades corretas:
1. Deus antes das pessoas – No universo existe Deus, pessoas e coisas. Devemos adorar a Deus, amar as pessoas e usar as coisas. Se cultuarmos a nós mesmos, iremos desprezar a Deus, amar as coisas e usar as pessoas. Devemos amar a Deus sobre todas as coisas. Ele deve ocupar o primeiro lugar na nossa vida, nossa agenda, nossos sonhos. Devemos buscar o Reino de Deus em primeiro lugar em nossa vida. Se estamos tão ocupados ao ponto de não termos tempo para Deus nem para a sua igreja, estamos ocupados demais.
2. As pessoas antes das coisas – O mundo valoriza o ter mais do que o ser. As pessoas valem quanto têm. Mas, pessoas são mais importantes do que coisas. Não podemos sacrificar relacionamentos por causa das coisas. O trabalho é uma coisa boa, ganhar dinheiro para o sustento da família é uma necessidade básica, mas não podemos esquecer ou desprezar o cônjuge e os filhos e sacrificar o relacionamento familiar para ajuntarmos mais bens materiais. Os que querem ficar ricos caem em muitas ciladas e angústias, enquanto a piedade com o contentamento é grande fonte de lucro.
3. O cônjuge antes dos filhos – Os filhos são herança de Deus, mas não devem ocupar o lugar do cônjuge. Pecamos contra os próprios filhos quando damos mais atenção a eles do que ao cônjuge. O maior bem que podemos fazer aos filhos é amar o cônjuge. Quando os pais vivem em harmonia, amor e fidelidade, os filhos sentem-se seguros e protegidos. A falência do casamento é um desastre na vida emocional e espiritual dos filhos.
4. Os filhos antes dos amigos – Os pais precisam investir tempo, cuidado e carinho na educação dos filhos. Os filhos são educados não apenas com palavras, mas, sobretudo, com exemplo. Os filhos precisam não apenas de presentes, mas, sobretudo, de presença. Precisamos criar pontes de amizade com os nossos filhos, ter tempo para eles, ouvi-los, orientá-los, encorajá-los e discipliná-los. Eles devem vir antes dos amigos. A família merece o melhor do nosso tempo e da nossa atenção.
5. O cônjuge antes de si mesmo – O egoísmo é a antítese do amor. O amor não é egocentralizado, mas outrocentralizado. Não nos casamos para sermos felizes, mas para fazermos o nosso cônjuge feliz. Nosso alvo no casamento não é satisfazer a nossa própria vontade, mas agradar o nosso cônjuge. O outro vem antes do eu. Renúncia do eu e investimento no outro é o caminho para a realização da felicidade conjugal. Enfrentamento dos problemas e não a fuga deles é a forma mais sensata de solucionarmos os conflitos conjugais.
Nossos valores dirigem nossas escolhas e ações. Precisamos ser eficientes não apenas para lidar com coisas, mas, sobretudo, mas tratar com pessoas. Cristianismo trata essencialmente com relacionamentos. Que possamos ter discernimento para buscar as primeiras coisas primeiro.
Rev. Hernandes Dias Lopes.

"O poder da Fala" - Ricardo Castilho

Pessoal segue a apresentação do Ricardo Castilho feita no dia 23 de fev.

"O poder da Fala"



 



Segue o  link do slides

https://docs.google.com/open?id=0ByHqal4GWymQMWNNYnZPNDlSaDJpNHVNRzNiZlVLQQ